7 coisas que aprendi morando em Nova Iorque (e nos Estados Unidos)

Sempre falo que ir a uma cidade a turismo e morar nela podem ser – e geralmente são – experiências completamente diferentes. Meu amor por Nova Iorque, por exemplo, não foi à primeira vista, como o da maioria das pessoas que vêm pra cá pela primeira vez. Mas quando vim morar aqui, há um ano e meio, não demorou muito pra entender porque tanta gente se apaixona pela cidade e pelo seu estilo único de ser. Aqui vai um breve top 7 de coisas legais (e nem tão legais assim) que aprendi até agora.

  • Você pode usar o que quiser, e ninguém vai reparar

Nova Iorque é sem dúvidas um dos lugares mais liberais que já visitei, e uma das minhas coisas preferidas sobre a cidade é a liberdade de sair na rua do jeito que você quiser – de fantasia, pijama, cabelo colorido etc – e ninguém olhar torto! Basta uma visitinha ao metrô pra entender o que estou falando.

  • Se você tem um problema, a Amazon já pensou na solução.

No país das compras, a Amazon é a rainha, e não sei como era a vida antes dela. Exageros à parte, não existe nada que você precise que a Amazon não venda, e se você tiver o plano Prime ($99/ano), praticamente tudo tem entrega grátis e em dois dias (às vezes até no mesmo).

Toothpaste.jpg

  • Poucos são daqui e muitos querem ir embora em algum momento

Grande parte das pessoas que mora em Nova Iorque – incluindo americanos – não é originalmente daqui, e muitos consideram Nova Iorque como uma experiência passageira antes de irem para um lugar mais tranquilo (e barato).

  • A cidade se transforma no verão

Em lugares onde faz muito frio, as pessoas costumam valorizar muito os meses de calor, e em Nova Iorque não é diferente. Durante os meses de verão, os parques ficam mais cheios e a quantidade de atividades ao ar livre aumenta bastante. Até evento da empresa com tema verão tem (esse ano fomos em um parque de diversões na praia – só porque era verão)!

Verao

  • Alugar apartamento no verão é mais caro que no inverno

Não só o termômetro sobe no verão, como o preço dos aluguéis também! Essa é a época do ano em que muita gente se forma na faculdade e começa a procurar emprego na cidade. Além disso, são nesses meses que acontecem os summer internships – estágios temporários pro pessoal que ainda está estudando. Com todo esse movimento por aqui, alugar um apartamento entre julho-setembro pode ser muito mais caro do que em janeiro, por exemplo. Como os contratos aqui normalmente são de um ano, se você se muda no verão, vai ter que renovar de novo no verão – e pagar de novo mais caro pelo resto do ano.

  • Os apartamentos alugados vem com appliances

Ainda no tema moradia, uma coisa que acho muito inteligente por aqui é o fato de os apartamento alugados já virem com geladeira, fogão, microondas e (muitas vezes) até máquina de lavar louça. Faz tão mais sentido não ter que se mudar carregando e re-instalando um fogão, não?

kitchen.jpg

  • Promoções são de verdade

Aqui nos Estados Unidos é possível comprar muita coisa de qualidade com muito desconto. Os 50% a menos na etiqueta realmente significam 50% a menos, e os (poucos) feriados que temos por aqui são épocas excelentes para fazer compras, já que as principais lojas sempre tem alguma promoção temática.

  • Só come fast food todo dia quem quer

Quando se fala em alimentação nos Estados Unidos, logo pensamos em hambúrguer e batata frita e, enquanto é verdade que as redes de fast food são muito presentes em todo o país, em Nova Iorque especificamente você também vai encontrar muitas opções de comida saudável pelo mesmo preço que você pagaria pra ir no Shake Shack.

SG.jpeg

Top 3 Holiday Markets de Nova Iorque

Os últimos meses do ano sempre foram a minha época preferida, e agora, morando em Nova Iorque, dezembro fica ainda mais legal e mágico. Com a chegada do mês e a proximidade do Natal, chegam também os fofíssimos Holiday Markets! Apesar de não serem uma tradição brasileira, eu amo mercados de Natal e qualquer desculpa é desculpa para dar uma passadinha por algum deles – então resolvi fazer um post com os principais para quem interessar.

  • The Bryant Park Winter Village: sem dúvida ALGUMA, o mercado de Natal mais fofo da cidade, o Holiday Market do Bryant Park ocupa o parque inteiro e conta também com uma pista de patinação e uma árvore de Natal imensa no meio. Por lá você vai encontrar de objetos de decoração a acessórios de inverno – além de várias opções de comidinhas incríveis e o famoso Glühwein dos mercados alemães. A parte das lojinhas fica aberta até 2 de janeiro.
  • Union Square Holiday Market: pegando uma parte considerável da Union Square, esse é outro mercado popular por aqui em dezembro. Apesar de não ser tão bonito quanto o do Bryant Park, ele oferece várias opções parecidas de lojinhas e comidas. Esse ano ele opera até a véspera de Natal.

Natal (3 of 6)

  • Columbus Circle Holiday Market: mesmo sendo menor que os outros dois, esse mercadinho tem algumas opções de lojinhas e comidas um pouco diferentes. Entretanto, a melhor coisa dele é a localização, já que fica do lado do Central Park e do Columbus Circle – sempre lindos nessa época do ano! Assim como o da Union Square, ele fica aberto até o dia 24 de dezembro.

Natal (4 of 6)Natal (1 of 6)Natal (5 of 6)

Happy Holidays!

Blog at WordPress.com.

Up ↑